O que os viajantes precisam saber sobre a violação do WhatsApp

O que os viajantes precisam saber sobre a violação do WhatsApp

Recentemente o WhatsApp, o aplicativo de mensagens de propriedade do Facebook, sendo muito usado por viajantes para poder se comunicar internacionalmente, anunciou que sofreu uma violação de segurança cibernética, o que deixou muitos dos usuários de celular vulnerável a spywares maliciosos. 

O aplicativo de mensagens criptografadas rapidamente conseguiu corrigir a sua vulnerabilidade desde então, conseguindo impedir os hackers de explorar ainda mais o sistema do WhatsApp.

Os hackers supostamente conseguiram violar os celulares dos usuários, colocando spyware, fazendo uma ligação telefônica para eles dentro do WhatsApp mesmo. O código malicioso pode ser transmitido, mesmo que o dono do celular não aceite ou aceite a chamada. 

Não foram identificadas as pessoas que fizeram isso com o aplicativo, mas investigadores conseguiram descobrir um esquema de hackers. Assim, o WhatsApp pediu aos seus usuários para permanecer com o aplicativo atualizado, o mais rápido possível, por precaução.

O aplicativo pode ser atualizado diretamente nas lojas de aplicativo, procurando por novas atualizações com o WhatsApp listado ali. 

Como manter o seu WhatsApp seguro fora do Brasil?

A principal forma de conseguir manter o seu aplicativo seguro é mantendo ele atualizado. Frequentemente demandando novas atualizações, servem para apresentar novas funcionalidades, porém, serve também para eliminar bugs e vulnerabilidades.

Por isso, mantendo o app atualizado vai ser bem mais fácil de reduzir as chances de qualquer golpe. Outro ponto interessante é que manter as atualizações em dia permitem acompanhar os relatórios de uso, que são informações entregues sobre o uso de dados e sobre proteção.

Outro ponto para melhorar a segurança dos usuários, é que o WhatsApp conta com um recurso de “verificação em duas etapas”. Essa funcionalidade permite que uma senha extra seja cadastrada para que ele funcione em outros dispositivos. 

Se quiser ativar esse tipo de serviço, é possível acessar o WhatsApp, procurar a parte de configurações e entrar na parte da conta e se encontrar a verificação em duas etapas. O app pede para criar uma senha numérica que deve ser digitada quando o app for usado em outro celular.

Existem também outras ferramentas que permitem que o usuário bloqueie o acesso a diversos aplicativos com o uso de senha. Eles protegem o celular de pessoas curiosas que possam querer mexer no app. Ela pode ser usada também para o WhatsApp.

Como não se sabe a intenção das pessoas a fora, é muito importante também deixar que a foto do seu perfil apareça somente para quem está na sua lista de conatos. Para tal, dentro das configurações do WhatsApp, é possível encontrar na parte de privacidade da conta, a parte de foto de perfil e exibição apenas para os contatos.

Por mais que uma conexão compartilhada seja a única possível em uma viagem, é importante evitar entrar nesse tipo de rede. Infelizmente, há muitas ferramentas que permitem que uma pessoa possa acessar o seu celular, colocando em risco a segurança das suas informações e do seu celular, demandando muito mais cuidado com isso. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *