O que você precisa saber antes de comprar um imóvel

Quais são os seus objetivos para comprar um imóvel?

Você quer morar mais perto do trabalho? Um condomínio onde os filhos tenham opções de lazer? Ou um imóvel maior para o filho que vai chegar? Ter seus objetivos em mente – e evitar ao máximo sair deles – é a chave para começar a procurar um imóvel e ter a certeza de que fez a escolha certa.

É importante ter algumas prioridades claras, para que a decisão não seja sobre algo superficial – por exemplo, se encantar por um apartamento perto do estádio do seu time.

A compra é um processo emocional, e detalhes como esse podem acabar decidindo por você.

O imóvel está em boas condições?

Ter um imóvel é uma decisão complexa e duradoura demais para aceitarmos morar em algo que não atende os anseios. Por isso, uma visita demorada é tão importante.

Você poderá sentir se o tamanho e a distribuição dos cômodos é adequada ao tamanho da família, qual a incidência de sol, o quanto ele é devassado em relação a outros prédios, se precisa de melhorias e até de consertos.

Para os imóveis usados é fundamental checar se as instalações elétricas, hidráulicas e de gás e infiltrações – se bem que podemos encontrar coisas para fazer em imóveis novos, portanto não desperdice a viagem.

O que você sabe sobre as regras e contas do condomínio?

Este é um aspecto que muitas vezes deixam para olhar por último ou para depois, quando começar a morar. Mas as surpresas podem impactar até mesmo na qualidade de vida e na sua expectativa.

Um dos pontos são as regras da convenção. Se ela proíbe animais, restringe festas dentro dos imóveis, que tipos de reformas não podem ser feitas porque impactam nas áreas comuns.

Outro aspecto sãs as regras com vagas de veículos; como o condomínio distribui, se o morador pode escolher, se cada morador manobra os demais veículos. É bom saber antes, porque mudar quando estiver morando é muito difícil – e estressante.

Verifique com o proprietário do imóvel se o condomínio tem dívidas trabalhistas e processos judiciais – eles podem aumentar muito o valor da cota de forma inesperada.

O imóvel tem dívidas?

No ato da compra, exceto se você firmar algo diferente com o vendedor, as dívidas do imóvel passam a ser suas.

Portanto, cheque se o imóvel deve condomínio, o valor e o tempo de dívida. Se existem dívidas de impostos e taxas junto às administrações públicas – municipais, estaduais e federais.

Um ponto crucial, principalmente com imóveis usados: levante a situação de propriedade do imóvel junto à prefeitura. A certidão de registro mostra quem é o proprietário atual e ele deve ser o vendedor para você – ou representado legalmente.

E verifique também se o imóvel este arrolado como garantia em dívida – pode ser o motivo da venda, e neste caso você estará em sério risco de perder o imóvel.

O imóvel é bem localizado para você e sua família?

Muitas pessoas gostam de morar em bairros mais afastados, pela tranquilidade e porque não se importam se houver pouco comércio, porque usam o carro.

Outras gostam da urbanidade em torno, movimento, lojas, mesmo sendo em um bairro longe da área central – onde normalmente a moradia não é de boa qualidade no Brasil.

O importante é conhecer a região, o comércio na rua, se o bairro é bem iluminado, qual o nível de segurança – também do imóvel. Mesmo em um condomínio fechado, você se deslocará para o trabalho, eventos e lazer, portanto estas questões são essenciais – e muitas pessoas só se dão conta quando já estão morando.

Com essas dicas acho que você já está preparado para adquirir um apartamento Leblon!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *